#aprenda com a gente : a fazer um texto para vender!

#aprenda com a gente : a fazer um texto para vender!

 Será que os seus textos estão fortalecidos o suficiente para você vender? Se não, a partir de agora você vai apreender a escrever para o seu público alvo.

 

 Por Iverton Santos

Toda empresa deseja atrair e conquistar clientes; tarefa que exige muito empenho dos empresários e dos seus colaboradores. Para tornar esse processo um pouco mais fácil, é importante investir em ações de marketing que vão contribuir para a divulgação e exposição da sua marca.

Entre as ações, a produção de  textos publicitários tem como objetivo chamar a atenção de uma determinada parte de consumidores (ou potenciais consumidores) mais conhecidos como “Público Alvo”. Seja impresso ou na internet, todo o tipo de textualização publicitária necessita de uma preparação para um bom resultado.

A criatividade de quem escreve é um dos pontos cruciais neste tipo de desenvolvimento. Essa criatividade precisa estar além dele mesmo; é preciso se imaginar sendo um consumidor e ter um pensamento crítico sobre o que ele mesmo está escrevendo. A ideia é o texto ser muito bom! Não apenas muito bom no seu pensamento, mas também muito bom no seu pensamento crítico de consumidor.

Listamos aqui as principais características desse tipo de abordagem para sua empresa vender de verdade:

1.       Conteúdo :  

O redator precisa se concentrar na qualidade do conteúdo que será compartilhado na internet com os consumidores. “- Pode ser um texto grande?” — Pode! Mas não adianta enrolar. O conteúdo tem que ser o essencial para uma comunicação de efeito. Muito (conteúdo) pode ser pouco (interessante).

2.       Objetividade:

 O texto não pode perder o rumo. Precisa ser claro e conciso, de um jeito que o leitor entenda a proposta e não se perca em pensamentos porque o texto não o atraiu o bastante.

3.       Interesse:

O interesse do leitor precisa ser despertado nas primeiras frases. É preciso começar um texto despertando o interesse do consumidor para se atingir o objetivo no conteúdo proposto.

4.       Título :

 Caso você veja a necessidade de um título para seu texto numa propaganda on-line, faça-o de maneira inteligente. Tente despertar o interesse pela leitura do conteúdo logo no título.

5.       Gramática:

Claro que para compartilhar um conteúdo publicitário a gramática precisa estar em dia, ou você quer que seu cliente seja “zoado” pelos internautas?

6.       Proximidade:

Defina com quem o seu anúncio vai se comunicar e desenvolva uma redação direcionada para essas pessoas. No marketing, existe o conceito de persona, que define um perfil eficiente do público de uma empresa. Essas informações tornam mais fácil o processo de produzir conteúdo voltado para as pessoas que se relacionam com a sua marca.

7.       Persuasão :

O texto do seu anúncio ou da sua divulgação precisa convencer as pessoas de que os seus produtos ou os seus serviços são essenciais para a vida deles e, com isso, fazê-los procurarem a sua empresa para consumir. Uma propaganda que não desperte o interesse do cliente em comprar é sinônimo de prejuízo.

A importância do trabalho em equipe

A redação publicitária não caminha sozinha. Geralmente, ela vem acompanhada de artes e trabalho gráficos, que são desenvolvidos pelo designer. Portanto, é importante saber trabalhar em equipe para não perder boas ideias e criar uma campanha ruim, que vai atrapalhar a estratégia de marketing.

Às vezes, um bom texto acaba sendo escondido ou perdido diante de uma direção de arte malfeita, assim como uma bela produção gráfica não salva uma redação ruim. O equilíbrio está na interação e no diálogo com os profissionais que trabalham na campanha ou que possam acrescentar algo ao trabalho.